segunda-feira, 14 de novembro de 2005

Episiotomia


Este é o termo técnico para o corte efectuado ao períneo no momento do parto. Muitas de nós não o conhece sequer por este nome. Muitas de nós não sabe que este procedimento é considerado um acto cirúrgico e, como tal, deveria ser autorizado por nós para ser executado. Muitas de nós nunca questionou este procedimento
À maioria de nós nunca foi esclarecida a sua (in)utilidade, as suas consequências nefastas, nem formas que temos para promover a elasticidade do períneo, com o objectivo de o manter intacto num parto vaginal.
É com o intuito de divulgar evidências ciêntificas que demonstrem a não necesssidade do uso rotineiro da episiotomia, que aqui deixamos o link para um estudo, efectuado em Portugal, na Maternidade Dr. Alfredo da Costa.

www.ordemdosmedicos.pt/ie/institucional/publicacoes/ACTA/6-2003/2205%20Episiotomia.pdf

1 comentário:

rutebruno disse...

quero agraceder o post que a sónia sousa colocou no meu blog.
Gostaria de dizer que sei não condição para cesariana o facto do o meu bebé ter uma circular no pescoço. Sou profissional de saude, ou seja, fisioetrapeuta e faço cursos de preparação para o nascimento, nos quais falamos muito da vossa importância.
Mas como fisioterapeuta tb trato de muitos casos P. Cerebral de complicações de partos e sei que um deles pode ser uma circular cervical. Tb é verdade que já assiti a imensos partos normais em que os bebés vinham com uma e até duas circulares.
Mas sabendo à partida da existência de uma circulares, falei com o médico e disse que queria que fosse cesariana e ele concordou dizendo que não arriscaria outro método.
Apenas queria tornar mais explicito a razão, de forma a não pensarem que esta opção teve haver exclusivamente com o tamanho do bebé! Foi um conjunto de factores que tornam mais favorável na minha opinião e na do médico esta opção.
Queria tb agracecer-vos a vossa existência, pois são uma mais valia para qq mulher durante todas as fases do trabalho de parto, desde que ao pai seja permitido permanecer em simultâneo no acompanhamento da parturiente.
beijinhos grandes a voces todas e estarei sempre ao vosso dispor!