sexta-feira, 15 de outubro de 2004

A Doula e o parto hospitalar

Quando se deseja um parto no hospital a doula acompanha sempre a mãe, desde o momento em que esta avisa a doula de que o parto se iniciou até duas horas depois do bebé ter nascido. A doula fica com a mãe em casa para se certificar que está tudo bem com mãe e bebé, acompanhando a mãe nas primeiras fases do parto. A doula protege a mãe de estímulos exteriores, criando um ambiente calmo, de pouca luz, de segurança e privacidade. Quando a mãe se aproxima da segunda fase do parto, a doula acompanha ambos os pais ao hospital e fica com eles. Normalmente apenas um acompanhante é permitido no hospital e muitas vezes a mãe pede para ficar com a doula.
Porque é que isto acontece?
O pai normalmente fica um pouco nervoso, o que é natural, pois ama a sua companheira e não sabe muito bem se é normal ou não tudo o que esta está a passar. A doula conhece por experiência o comportamento da parturiente e está calma, acalmando naturalmente a mãe. Diplomaticamente, a doula deve pedir ao pessoal hospitalar para mudar a mãe de posição, ou sugerir menos intervenções, indo munida de estudos científicos que comprovem os seus pedidos (ver artigo cesarianas e o CTG).
Cada hospital tem as suas regras e estas não costumam ser muito flexíveis. A doula só deverá deixar a mãe quando tem a certeza de que esta se encontra bem.

4 comentários:

Anónimo disse...

Que bom, parece tão fácil e é assim que deve ser! estamos habituadas a ouvir dizer coisas horríveis e parece que já ninguém consegue ter bebés. Aconpanham antes da gravidez? amg

doula disse...

Olá amg. Obrigada pela questão. Também acompanhamos antes da gravidez pois cada vez há mais mulheres que conseguem planear as suas vidas, e é muito bom quando nos sentimos seguras para tomar este tipo de decisões. Em breve teremos um artigo sobre isso. Abraço

Anónimo disse...

da Mamãããã!!! em mfcf.blogs.sapo.pt:
Olá Luísa, obrigada pela informação sobre a tal legislação. Vou procurar mais sobre isso...
Tenho quase 12 semanas de gravidez e a DPP é a 07/Maio/2005. Está tudo óptimo, com um pouquinho de azia, naúsea e ainda o cansaço. Este último deve-se ir embora brevemente :)
Fiz uma Cesariana há 3 anos e espero que este filho venha a nascer de parto normal.
Quanto aos procedimento pouco flexíveis nos Hospitais, estou a pensar seriamente em escrever ao Hospital Cuf Descobertas (onde penso ir) para me inteirar dos procedimentos no Parto e até onde posso exigir...
Voltaremos a conversar, certamente.
Mamã.

mfc disse...

Continuo a gostar dos textos.
Um óptimo fim se semana.