domingo, 24 de outubro de 2004

Ruptura prematura das membranas (bolsa das águas)

Conforme os muitos pedidos que temos tido, aqui vão alguns conselhos.

Numa ruptura das membranas antes das 38 semanas, o que deverão fazer é dirigirem-se ao hospital e pedir uma ecografia, e não um CTG. Isto porque na ecografia, podem, para além de ouvir o coração do bebé, ver o estado e a quantidade do líquido amniótico, ver o estado da placenta e perceber se há ou não sofrimento fetal. Em caso de sofrimento fetal (peçam sempre para confirmar duas ou três vezes!), e se não houver melhoras depois do descanso e "tratamento" hospitalar, é preferível uma cesariana de emergência a um parto induzido, pois este acaba por ser mais traumatizante para a mãe e o bebé, e não é isso que se deseja para um bebé já em sofrimento fetal...

Ruptura do saco do líquido amniótico depois das 38 semanas:
1º - Verificar a cor da água, que deverá ser clara, transparente ou dourada, com cor rosa ou raiada de sangue. Cor castanha, esverdeada ou mais escura é sinal de ir para o hospital;

2º - Contar os movimentos do bebé começando de manhã com o primeiro, e até chegar a 10 movimentos. Tomar nota deste registo e em caso de alteração/cessação de movimentos dirigir-se ao hospital (para ecografia);

3º - Nove em cada dez partos iniciam-se depois de 48h após a ruptura das membranas, por isso mesmo e se não há sinais de alarme, ficar em casa, descansar e lembrar-se que o líquido amniótico renova-se de 4 em 4 horas. Não terá nenhum parto "seco" como se diz erradamente.

A mãe deve sempre lembrar que o seu instinto, é o seu melhor aliado, e se estiver receosa, assustada ou insegura, deve seguir aquilo que lhe diz o coração.
Telefonar à doula, sempre que vos apeteça, ajuda a afastar receios e a esclarecer dúvidas.
A doula existe apenas porque as mães também existem!!
Obrigada pelas vossas questões e palavras de apoio.

11 comentários:

Anónimo disse...

Obrigada pela rapidez, ajuda muito! beijinho amg

Francisca disse...

Fantasticas, as doulas!

Um beijinho Nosso

Anónimo disse...

Meninas, eu não tenho certeza se um parto induzido será mais traumatico do que uma cesariana... aliás, quem pode ter essa certeza?? Eu, cesariada, HOJE, tenho certeza de que preferia ter tido meu segundo filho da forma que tive o primeiro: episio, enema, Kristteler etc, a senti-lo arracado de dentro de mim como senti e ficar com aquela sensação de "nasceram" ele e não "nasceu". Deve-se também levar em conta que cesaria é uma cirurgia e não pode ser comparada a um parto, mesmo induzido quando fala-se em riscos, infecções etc...
Abraços Ciça

doula disse...

Olá Ciça, que bom que é a sua visita! Tem toda a razão, mas neste caso específico, e quando digo que é prefrível uma cesariana, falo no sofrimento fetal do bebé. Quando há sofrimento fetal, obrigar um bebé a passar as agruras do parto induzido (que pode causar mais sofrimento fetal...)é pôr em risco a vida desse bebé. Cerca de 70% dos partos induzidos resultam também em cesariana... há alguma coisa errada nesta imagem, não é?!!! Um abraço e obrigada. Luisa

Anónimo disse...

Oh Luiza é verdade... por favor me desculpa, não tinha alertado para o fato de sofrimetno fetal. Isso é o que acontece quando o frio nos congela os neuronios. Bom, mas que sirva de alerta para mim tb prestar mais atenção no que leio!!!! Obrigada pl atenção
www.cissinha.de

doula disse...

Olá Ciça, nem precisa.... por vezes os comentários também servem como revisão do texto, a gente vai aprendendo a melhorar e a explicar melhor.
tá frio por aí não?? Beijinho nosso

mfc disse...

oLÁ
Obrigado por tudo.
Um abraço

Lyrae disse...

Amanha coloco o texto respeitando os devidos direitos de autor.
Quanto à copia do livro agradecia sim que ma enviasses.
Amanha falamos melhor que estou a ser requisitada ali ao lado.

Beijinhos e obrigado pela dedicação.

Rosa Maria

mfc disse...

Olá.
Um bom fim de semana.

Reinaldo e Talita disse...

Parabéns pelo trabalho de vocês. Quem me dera ter lido esse texto antes, pois não teria passado por uma cesariana sem necessidade e apenas por comodismo da médica.
Conheces alguma doula em Sao Luís-MA?
Grata

Anónimo disse...

Ola,eu gostava de saber o que nos provoca as pre-eclampsias,eu ja tive 2 e os medicos nao me explicaram o porque. Estava gravida de 28 semanas quando tive as pre-eclampsias. Tenho medo que volte acontecer