domingo, 17 de outubro de 2004

Terras de Café

E um especial agradecimento à Ana e à Paula das Terras de Café, pela vossa simpatia, amabilidade e carinho. Sem vós isto tinha sido muito difícil, já que nesta terra há uma grande aridez de coisas boas, como as que vocês nos presenteiam todos os dias.

5 comentários:

ni disse...

Obrigada pelo posto no "todas as cores"! Eu realmente já tinha ouvido falar de doulas... mas pensava que em Portugal, estavam extintas ou antes: nunca tinham existido... obg pela informação, vou voltar mais vezes!
Beijinhos e abraços
lia
(http://www.ignatz.alojamentos7.com/todasascores/)

carla guiomar disse...

Eu subscrevo o agradecimento e por favor não deixem de fazer esses bolinhos de maça absolutamente celestiais... e que magnífico chá verde aromatizado com maça e canela... ai, se eu vivesse mais perto... ia aí lanchar (quase) todos os dias!

O meu agradecimento também à Ana da Xis, que foi uma simpatia e demonstrou tanto interesse pela nossa missão de humanização do parto e empoderamento da mulher, que em breve será mais conhecida no nosso país.

Lyrae disse...

Parabéns pela iniciativa, já mandei um e-mail a pedir informações sobre a formação que pensam fazer em 2005.
Tal como a Ni pensava que não existiam doulas em Portugal, já tinha lido muita coisa sobre elas em blogs brasileiros, fico contente por saber que não é bem assim.
Lyrae

Maria Joao disse...

Olá! Obrigada pela visita ao meu blogue (fraldas & companhia). Na verdade já deixei de amamentar, a minha princesa não estava a aumentar o peso devido... não sabia da existência de doulas em Portugal, sabia em Inglaterra porque vivi lá. Acho de extrema importância saber que há alguém com quem se pode contar no momento do parto, de modo a que o facilite. O meu parto foi de cesariana porque o peso estimado da Francisca era 4,100 kg... e anestesia geral... bem, beijinhos.

Rita disse...

Olá!
Obrigada pelo comentário no Mãe-Galinha.
Tenho três crianças e nunca tinha ouvido falar de doulas. Nunca.
Sempre a aprender!