segunda-feira, 18 de outubro de 2004

Carta de uma mãe, o parto e as doulas

"Gente,
Eu nunca pensei direito no significado da palavra doula... na verdade, no meu começo aqui, achei que a doula era uma pessoa meio dispensável porque ela não sabia fazer um parto. Estou sem vergonha de dizer isso, porque confessar o tamanho da minha ignorância é a melhor forma de engrandecer o que tive aqui com as minhas amadas doula Luisa e Carla.

Eu vi a Luisa uma vez antes do meu parto, e a Carla eu fui conhecer na noite anterior. Era possível que algum laço de amor, afecto e amizade se formasse entre nós em tão pouco tempo?

Essa duas mulheres mostraram um amor incondicional a mim, ao meu bebé, ao meu marido e ao meu filho Caio. Elas vieram de mansinho... pisando devagarinho, para saber até onde poderiam ir ... Elas dirigiram cento e tal quilómetros, deixando em casa maridos, filhos e tudo o resto, para estarem comigo aqui de madrugada, me acalmando e me tranquilizando... elas se doaram a mim e à minha condição, sem pedir nada em troca... tudo e somente o que elas queria é que "desse certo".

Elas foram a minha mãe, minhas irmãs, as minhas amigas e mais um tanto de gente que ficou no Brasil.

Elas me fizeram sentir que eu era capaz, e que elas estariam comigo em qualquer decisão que eu tomasse. Elas podiam guiar o carro para o hospital, ou aparar o Enzo em suas próprias mãos, se a parteira não chegasse... era só eu pedir.

A Luisa, a minha doula oficial, deve ter um pé aqui e outro lá na comunidade dos anjos do céu... tem o olhar mais cheio de tranquilidade que eu já vi na vida. Se ser doula é um dom, ela certamente nasceu repleta dele. Espero que as mulheres dessa terra acordem logo para o parto humanizado e possam se permitir desfrutar desse amor que ela carraga... porque ela transborda carinho e atenção... ela é um presente dos deuses para essa turma de mães "escravizadas" pelo sistema. Foi um privilégio tê-la comigo!

A Carla minha doula e guardiã de meu tesouro Caio. Não fosse ela eu não tinha nem 1 cm de dilatação, fechava logo as pernas e impedia o Enzo de nascer... preocupada com o Caio que poderia estar assustado e ainda febril. Ela tem um sorriso doce e uma voz mansinha, que parece que canta para a gente dormir. Sabe aquelas mulheres delicadas que na verdade têm a força de uma leoa? Foi assim que eu a vi. E é dessa forma que me lembrarei dela por toda a minha vida!

Obviamente que eu descobri que é possível parir sem hospital e sem médico. E junto, descobri que parir tendo uma doula é essencial. Eu que tive duas (quatro, contando com as virtuais!), fui a mulher mais sortuda do mundo!!!

Luisa e Carla, estarei sempre aqui, com portas e braços abertos para toda a ocasião... eu nunca vou conseguir retribuir o bem que me fizeram.... mas saibam que agora a minha família também é suas. Fiquem por perto sempre que desejarem. E saibam que estar com vocês vai ser sempre uma forma de reviver o "nosso re-nascimento".

Um abraço forte, daqueles que a gente sente o coração da outra pessoa batendo!"

Waleska Nunes

Parto em casa depois de cesariana
Carta publicada com autorização da autora, a quem enviamos um abraço daqueles fortes...
Muito obrigada por nos deixarem participar desse vosso milagre
Luisa Condeço e Carla Guiomar

38 comentários:

Lyrae disse...

Não sei se fiz bem ou mal mas a ideia de haver Doulas em Portugal deu-me vontade de divulgar a iniciativa aos 4 ventos.
Criei no Orkut uma comunidade chamada Doulas de Portugal (http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=582937) onde coloquei disponível para leitura e comentários alguns dos textos deste blog, respeitando sempre os autores e o link a este log como sendo a fonte de informação.

O Orkut é uma comunidade fechada, se alguma de voces quiser gerir a comunidade terei todo o gosto e fazer o convite para que possam entrar.

Anónimo disse...

da Mamãããã!!! em mfcf.blogs.sapo.pt:
Linda carta de agradecimento, mas gostaria mesmo de saber como correu, passo a passo...se a mãe autorizasse.

eu disse...

Olá! Já tinha lido sb este blog no cantinho da Lyrae, mas só hoje qdo me fizeste um comentário no meu vim aki espreitar. Li os posts desde o início. Eu sou uma medricas em relação ao parto. Nem penso pr não me assustar. Acho de uma coragem e de um altruísmo o k acabei de ler. Não fazia a mínima ideia k existem mulheres k se prestam a auxiliar as mães na hora do parto, ajudando-as e dando-lhes carinho. OBRIGADA. Só mais uma coisinha k li num dos posts e arrepiei-me com a coincidência: eu nasci auxiliada por uma ventosa e há 10 e 2 anos tive anorexia. Não fazia a mínima ideia k existia uma co-relação tão forte... Um bjnho.

carla guiomar disse...

Olá Lyrae, obrigada pela tua iniciativa de divulgação das doulas. Qualquer ajuda é preciosa pois ainda somos poucas. Que bom sentir noutras mulheres portuguesas a mesma energia e amor a esta missão. Gostava muito de entrar na Orkut. Podes convidar-me? sandro.carla@netvisao.pt

Luisa Condeço disse...

Pois, eu não consigo convidar ninguém, não me entendo com a orkut! Vai ao sitio da Lyrae e pede-lhe directamente! bejo

carla guiomar disse...

Olá Mamãããã!!! estava a dar aqui umas voltas pelos blogs e dei com o teu! Quando voltares ao Badoca diz qq coisa. Eu moro numa quinta ao lado dos tigres (temos lá dois burros para se alguma vez os tigres fugirem encherem a pança com eles primeiro). Quanto à história do parto da Waleska, ela ficou de escrever um relato na lista de discussão. Quando ela o fizer e se ela der autorização podemos colocá-lo aqui, ok? Beijinhos.

Lyrae disse...

Carla, já te enviei o convite, mas o orkut a esta hora é impossivel... quando o continente americano (norte e sul) acordam só dá erros.
É provavel que o convite demore a chegar.

Beijos

eu disse...

Obrigada pela dica do livro. Já o encontrei no Amazon. OBRIGADA OBRIGADA OBRIGADA

carla guiomar disse...

Obrigada pelo convite Lyrae e Luísa, mas quando clico em qq um deles aparece "invitation failed"... e uma lista de possíveis motivos por baixo... mas todos me parecem chinês... vou chorar... sou muito pouco empoderada na informática... amanhã tento de novo. Ah se puderem experimentem a mandar o convite para outro endereço: andreaguiomar@hotmail.com , a ver se tenho mais sorte.

Luisa Condeço disse...

Carla!! Tenta copiar o endereço para a barra e entrares depois, eu consegui assim!

Atenta disse...

Por favor, ajudem esta garota http://minhagravidez.blogspot.com. Está grávida e em pânico.

Anónimo disse...

da Mamãããã!!! em mfcf.blogs.sapo.pt:
hehe, Carla, que senso de humor tão preverso...(estou a falar dos coitadinhos dos Burros). Quando lá voltar, terei o maior prazer em te ir chatear à quinta, tenho a certeza de que o Rafael ia adorar conhecer mais de perto os Burros.
Fico à espera desses e de outros relatos, mesmo sem nomes e até na terceira pessoa. É que, as experiências passadas por outros, positivas ou negativas, parecem sempre mais verídicas do que teorias, não é?
Eu espero que, todas juntas - PODEROSAS - as mulheres portuguesas, com a vossa ajuda de Doulas, consigam mudar, lentamente, esta mentalidade com que somos presenteadas....
Beijinhos e muita preserverança.
Mamãããã!!!

Lyrae disse...

Atenta, conheço a Sara à alguns anos e coisa que ela nunca vai estar é em pânico. Sempre foi sedenta de informação e é uma grávida consciente, não gosta é da dor, quem gosta? Nem todas somos iguais…
Se ela quer fazer cesariana que se faça a sua vontade, é da inteira responsabilidade dela lutar pela humanização do seu parto, respeitar as opções da mãe é uma prioridade.
Em Portugal ainda não se tem muito a capacidade de decisão sobre “como queremos que os nossos filhos nasçam” mas podemos ajudar, se alguém sabe de algum hospital estatal que faça cesariana por vontade da grávida que a avise.

Carla, vou enviar novamente o convite, mas tenta copiar o endreço e colar no Internet Explorer...

Luisa Condeço disse...

Obrigada Lyrae, pela explicação, pensei que tinha sido a própria a mandar o pedido de socorro, espero que a Sara não me leve a mal. Toda a mulher deveria poder escolher o que mais deseja para o nascimento do seu filho. Mas uma cesariana electiva tem muitas desvantagens e vou só explicar algumas, para que todas estejamos bem informadas! Quando os pulmões do bebé atingem a maturidade este liberta uma hormona no corpo da mãe que dá início á libertação da oxitocina. Esta é responsável, por sua vez, pelas contracções. A oxitocina (hormona do amor como lhe chamam) vem acompanhada da prolactina (para o leite) e das endorfinas (anestesias naturais do corpo), Quando há um parto vaginal, há uma tendência natural do bebé gostar do peito, beber mais e melhor, porque o bebé fica "dependente" do leite (endorfinas lá existentes)da mãe. Cesariana muitas vezes quer dizer dificuldades na amamentação. Numa cesariana, o bebé nasce sem maturidade pulmonar e há estudos que comprovam que existe relação entre doenças respiratórias e bebés nascidos por cesariana. Mas o desejo da Sara deverá sempre ser respeitado, e para isso tb é bom informá-la de tudo. Obrigada pela sinceridade. bjinhos luisa

carla guiomar disse...

É defensável que a mulher possa escolher a forma como quer que o seu bebé nasça, mas é absolutamente imprescindível que as mulheres tenham acesso a informação independente, de qualidade, baseada em evidências científicas, para que o possam fazer de forma consciente e responsável. Essa informação é praticamente inexistente no nosso país (já existe alguma coisa em Português do Brasil), e aquilo que temos nas revistas para mamãs é geralmente a publicação de artigos que reflectem o modelo obstétrico, que é um modelo de controlo e intervenção, com uma perspectiva mecanicista do corpo da mulher e com a tecnologia como símbolo de progresso inquestionável. Perante esta realidade, não é surpreendente que muitas mulheres receiem o parto e entreguem a responsabilidade do mesmo aos médicos. Não estamos contra os médicos, eles ocupam o seu lugar no processo, e felizmente que os temos quando as situações o justificam, mas as evidências científicas mostram que a intervenção desnecessária é prejudicial para a saúde da mãe e do bebé. Os médicos não são deuses totipotentes, são seres humanos com o seu sistema de crenças, muitas vezes baseadas numa transmissão cultural e não nas evidências científicas(ver Robbie Davis-Floyd). Não acredito que uma mulher que tenha plena consciência dos impactos negativos de uma escolha que faz, ainda assim a faça, pois uma mãe quer sempre o melhor para o seu filho. Mas se assim for, isso será uma outra questão, com outras dimensões. Agora, aquilo por que temos que lutar é por uma informação de qualidade, por um movimento de mulheres e de homens informados, para dar à luz um novo país no que respeita ao nascimento, resgatando a centralidade da mulher no parto e a sua consequente humanização. Não tenho a menor dúvida de que o caminho está aberto e naturalmente seguiremos nessa direcção tal como outros países já o têm vindo a fazer há muitos anos, pois apesar de tudo somos uma espécie inteligente e uns mais tarde outros mais cedo, acabaremos por ver a luz. Sobre o tema da cesariana planeada, aconselho vivamente a leitura do livro “The Cesarean” do obstetra Michel Odent, há uma versão on-line e brevemente estará disponível a tradução em português do Brasil.
http://www.michelodent.com/book.php?id=381
http://www1.folha.uol.com.br/folha/equilibrio/noticias/ult263u3450.shtml

mfc disse...

Fico contente com o vosso sucesso.

Anónimo disse...

zolpidem ambien zolpidem er 12.5 mg - zolpidem tartrate generic form

Anónimo disse...

diazepam dosage diazepam side effects in animals - diazepam 5mg uses

Anónimo disse...

diazepam 10mg valpam 5 diazepam side effects - buy cheap valium online no prescription

Anónimo disse...

where can i buy ambien online ambien cr 6.25 mg prices - ambien cost at walmart

Anónimo disse...

alprazolam mg best place buy alprazolam online - xanax orange pill round

Anónimo disse...

buying xanax xanax bars best - xanax side effects urination

Anónimo disse...

buy lorazepam ativan many get high - lorazepam 1 mg with alcohol

Anónimo disse...

buy diazepam diazepam for dogs fireworks - diazepam kidney function

Anónimo disse...

zolpidem high high on zolpidem tartrate - zolpidem mechanism of action

Anónimo disse...

order xanax no prescription xanax drug life - much does generic xanax cost without insurance

Anónimo disse...

buy lorazepam online can take 1mg lorazepam - ativan dosage dental surgery

Anónimo disse...

ativan for sale ativan withdrawal nausea - better high ativan xanax

Anónimo disse...

ativan online lorazepam 1 mg bijwerkingen - ativan dosage cats

Anónimo disse...

generic xanax drug test for xanax detection times - white round xanax 2mg

Anónimo disse...

generic zolpidem safe to buy ambien online - side effects of ambien 5

Anónimo disse...

zolpidem online ambien dosage get high - ambien side effects on pregnancy

Anónimo disse...

valium for sale no prescription valium side effects driving - diazepam valium cheap

Anónimo disse...

buy valium online where to buy roche valium - where to buy valium in australia

Anónimo disse...

cheap ambien ambien drug test blood - long will sleep ambien

Anónimo disse...

buy ambien online legally ambien pill sleeping - ambien many get high

Anónimo disse...

ambien cost generic ambien less effective - ambien cr generic vs brand

Anónimo disse...

valium without prescriptions valium used high blood pressure - clonazepam generic valium